18 fevereiro 2018

Minha velha conhecida

Há alguns anos, vi nesses catálogos de produtos que toda vizinha te oferece ,dois livros de autoajuda para vender : "O que toda mulher inteligente deve saber" e o " Ele simplesmente não está afim de você".Basicamente os dois afirmavam o que no fundo eu sempre soube, que homens quando querem uma mulher, eles correm atrás,do contrário não adianta, é passar vergonha e humilhação em público.Eu já deveria ter aprendido, né? Anos e mais anos vendo meninos tímidos darem seu jeito de se fazerem notados,caras completamente introspectivos chegando em alguém.Distância,falta de dinheiro...Não há desculpas.

Acredito firmemente que eu tenho vocação para mulher de malandro.Porque se eu sei que tem alguém que é afim de mim, eu ignoro solenemente.Quando é alguém que não está nem aí , é a velha conhecida sensação de derrota que toma conta.De me achar a pessoa mais feia do universo.A mais sem graça,a mais sem sal...

Quero deixar isso registrado aqui no blog,para eu ler, que não vou mais me encantar por gente que me rejeita.Não quero e não preciso mais sofrer por causa disso.Tenho que aprender.Na marra, mas tenho.Quase trinta, está mais que na hora.Chega 😢

Ao som de : The Pretender - Foo Figthers

16 outubro 2017

Justiça divina

Dia desses, estava conversando com minha mãe sobre as injustiças da vida, e ela soltou " ah, mas vai pagar!uma hora paga..."e tive que discordar.

Nunca foi tão claro pra mim como é hoje, como pessoas mal caráteres estão sempre se dando bem.Não que eu deseje o mal deles ,mas não vejo essa gente se ferrando.Impressionante. Nego filho da puta, que passa por cima dos outros, estão sempre crescendo, prosperando.

Ando meio desanimada com a vida em geral .Sei lá :/

Ao som de : Why Don t You And I - Carlos Santana Feat. Chad Kroeger

07 setembro 2017

Carta descartada

Dia desses, uma loira muito bem vestida me tratou super mal lá na loja onde trabalho.Isso acontece direto, porque lidar com o público é super complicado,então eu meio que me acostumei com este tipo de tratamento.Acostumar não é bem a palavra...digamos que lido bem com a situação.Mas esta criatura em questão,me marcou tanto, que até em casa eu ainda estava pensando nela.Porque foi super mal educada sem necessidade nenhuma, se aproveitou da condição "cliente sempre tem a razão" para tentar me humilhar.Enfim.

Daí que meu mais novo amor platônico mudou o status dele para "relacionamento sério", adivinha com quem? (Insira aqui um emotion com o boneco revirando os olhos para cima.Um não,vários)

A pergunta que não quer calar: ou ela perto dele se faz de santa, ou ele conhece o caráter daquela maledeta e é igual, por isso se encantou tanto.Porque na minha cabeça, não importa se você é a pessoa mais linda,inteligente e engraçada desse mundo.A partir do momento em que fico sabendo que você tem por hábito destratar as pessoas que te "servem", você é carta descartada do baralho.

Acho que faz todo sentindo eu estar sozinha mesmo.Já que ninguém se encaixa no meu mundo, eu é que não vou me encaixar neste mundo de gente escrota.

Que se dane!

Ao som de : Gravity -Jamie Woon

14 maio 2017

Bocuda

Se tem uma coisa que preciso praticar nesta vida, é arte de falar menos.Não consigo e ainda por cima vivo me metendo em problemas por conta disso.

No trabalho algumas pessoas me detestam.Direito delas,mas tive minha parcela de culpa nesta história.As pessoas comentam coisas comigo e sempre fico nessa de colocar minha opinião, deixar claro o que penso.Ingeunidade ou burrice mesmo, porque pessoas distorcem e transmitem como elas querem.E daí tenho que lidar com o ódio dos outros.

Mas eu peco mesmo, é quando falo sem me pedirem opinião.Essa coisa de parecer legal, de querer puxar assunto.Eu já deveria respeitar minha natureza a esta altura do campeonato.Introspecção.Gosto de conversar mas dou mais certo estando quieta com fones de ouvido.Mesmo.Hoje , dia das Mães, meu irmão comprou flores para minha mãe.Ela sempre falou preferia ganhar outras coisas, porque flores murcham e acabam no lixo.Jamais deu a entender que sempre sonhou em ganhar isso.Aí quando ele me encontrou com o buquê nas mãos, eu disse:

- Ela vai odiar.Se você tivesse dado um perfume, ela ficaria mais feliz.

De fato ela ficaria mais satisfeita.Falei porque por ser meu irmão e conhecê-la,ele deveria saber.Mas quem deu esta maravilhosa de ideia de compra foi a CUnhada, recém chegada e certa de que conhece a sogra melhor que todos.Beleza.Achei que o assunto morreria dentro do carro.Quando chegamos em casa,adivinha o aconteceu? Meu queridíssimo irmão, na frente de todo mundo relatou a conversa que tivemos minutos antes e minha mãe lógico, negou tudo .Fiquei como a mentirosa,né?

Acho que tem situações na vida que precisamos passar para tomar vergonha na cara e mudar.E eu vou mudar.Está na hora :/

Ao som de : Warm Water - Banks

23 abril 2017

13 anos

Depois que me recuperei do "toco",encarei a realidade de que não, não preciso ficar me rastejando por ninguém que não se mostra interessado por mim.Não quer, não quer.Também não sou assim?

Daí que esta semana, eu tenho que fazer avaliação física.Aquele procedimento CHATO das academias, de deixar um profissional da área tirar suas medidas e concluir o que precisa ser perdido ou ser ganho.Mas quem faz o programa de treinamento é outro profissional.E lá tem dois.Um, que é super mal educado, e já ouvi de fontes seguras que é metido ,por ter uma condição financeira maneira ( o que já está totalmente descartado por mim), e o outro, é o dito cujo que me recusou no Facebook.Sim, o mesmo que nem posso ver de longe, que já fico toda arrepiada,com vontade de morrer. É uma piada de muito mal gosto, só pode.

Aí estou aqui paranoica.Será que ele se lembra de mim? Será que ele imaginou que eu o adicionei porque estava afim dele ( o que é uma verdade) e estava querendo dar mole? Tem gente que acha super normal adicionar sem intenção alguma, mas né...Será que ele já percebeu os olhares que eu dei todas as vezes que passava por mim, mesmo não encarando diretamente? Uma vez ele me pegou olhando,abaixei a cabeça rápido,mas será que notou ?Ai meu Deus, estou enlouquecendo...

Estou me sentindo com uma adolescente de 13 anos.Quem aguenta?

Ao som de : If It Makes You Happy - Sheryl Crow

19 abril 2017

Mais mimimi

Há exatos 10 anos, eu me apaixonei por alguém que não correspondeu aos meus sentimentos.Na época ,pela idade e inexperiência, culpei a criatura,afirmando aos quatro ventos que ELE era quem não prestava.Isso é uma verdade,mas isso não justifica o fato dele ter me rejeitado.Aconteceu dele simplesmente não estar afim de mim.Acontece com todo mundo e é direito da pessoa escolher com quem quer ficar.Normal.

Apesar de ter doído horrores,achei que com o passar dos anos eu lidaria melhor com rejeições.Existe alguns posts perdidos por aí, que provou que não.Mas ainda sim, eu estava esperançosa de agora, neste exato momento, estar mais madura neste sentido.Não só não estou , como regredi 10 anos.Olha só, que lindo!

Novamente a história se repete: fico afim de cara gatinho, amiga dá força pra adicionar no Facebook, adiciono e sou IGNORADA.Acabo ficando na merda me sentindo a pior das criaturas,a mais feia,a mais desinteressante do planeta.

É isso.

Ao som de :Longe de você - Charlie Brown Jr.

15 abril 2017

Ridículo

Amores platônicos são maravilhosos e patéticos.Maravilhoso, porque você pode idealizar a vontade.Patético, porque né, sábado à noite,você  está ouvindo uma música pensando na criatura, enquanto neste exato momento, possivelmente ele está nos braços de outra.

A que ponto o ser humano chega...a que ponto EU cheguei...

Ao som de : The Game Of Love - Michele Branch & Carlos Santana